Neste 13 de novembro Vênus e Júpiter chamarão a atenção nos céus

421

Os dois planetas farão uma conjunção espetacular, tornando os planetas mais luminosos do céu escuro antes da manhã dessa segunda-feira.

No amanhecer da próxima segunda-feira (13), o brilhante planeta Júpiter passará por um planeta ainda mais brilhante, Vênus, formando uma conjunção espetacular entre os dois planetas mais luminosos do céu noturno.

O encontro promete chamar a atenção do público, e mesmo aqueles que não sabem do evento, com certeza irão se deslumbrar com o brilho intenso dos dois planetas.

Vênus domina o céu antes do amanhecer há muito tempo e Júpiter permanecia escondido, mas passou recentemente pela conjunção com o Sol, no dia 26 de outubro, tornando possível sua observação, já que está mais distante do Sol. Júpiter começou a ganhar altura e surgir no horizonte leste um pouco antes do amanhecer.

Enquanto Júpiter começa a despontar no horizonte leste um pouco antes do amanhecer, Vênus desliza para a direção do Sol, ficando cada dia mais difícil de ser observado. E durante esse sobe e desce de planetas, ambos se encontrarão no céu alguns minutos antes do Sol nascer.

Na madrugada de domingo (12 de novembro), a distância aparente entre os dois planetas será menor do que 1 grau. Já na manhã de segunda-feira (13 de novembro), Vênus e Júpiter brilharão quase como um único objeto, pois estarão separados por 0.28 graus, uma bela chance para fotografá-los juntinhos.


					Conjunção Vênus e Júpiter em 13 de novembro de 2017, antes do Sol nascer.
					
Conjunção Vênus e Júpiter em 13 de novembro de 2017, antes do Sol nascer.
Stellarium

Apesar dos dois planetas aparentarem estar quase grudados no céu noturno, Vênus estará a 246 milhões de km da Terra, e Júpiter a 956 milhões de km. Na imagem acima é possível observar também a Lua e o planeta Marte.

Lembrando que, para observar esse belíssimo encontro celeste, será necessário um horizonte limpo e livre de objetos que possam obstruir sua visão. Nesse caso, estamos falando do horizonte leste, onde o Sol nasce.

Dica

Procure por um local alto, onde você consegue ver o Sol nascer perfeitamente.

Não perca a oportunidade

Apesar das conjunções entre Vênus e Júpiter ocorrerem a cada 13 meses, a proximidade desse encontro do dia 13 de novembro será rara, normalmente o encontro ocorrer durante o dia, o que o tornaria impossível de ser observado. Para se ter uma ideia, a próxima vez que Júpiter e Vênus estiverem tão próximos assim em um horário observável, será em 2 de novembro de 2039, ou seja, daqui a 22 anos.

PALAVRAS-CHAVE

000webhost logo