Estudo afirma que sinal de Wi-Fi pode causar alguns tipos doença

A solução pode ser simplesmente desligar o modem antes de dormir e pode evitar doenças como distúrbios do sono, cansaço crônico, dor de cabeça e outras.

Existem vários estudos relacionados, não com o wi-fi, mas sobre a radiação emitida por todo aparelho que recebe e envia sinal sem fios, com televisão, rádio e o mais usado atualmente, os smartphones.

Recentemente um blog de soluções caseiras, fez uma postagem falando sobre os riscos que o wi-fi pode trazer à nossa saúde, sem nenhum aviso. Eles explicam que os aparelhos sem fio como tablets e celulares emitem ondas eletromagnéticas, que, infelizmente, podem causar sérios danos à longo prazo, afetando o corpo e prejudicando funções vitais.

matéria cita o estudo realizado pela Agência de Saúde Britânica, que os roteadores afetam o desenvolvimento das pessoas e plantas. E citam ainda, o cansaço crônico, dor de ouvido, falta de concentração, dores de cabeça frequentes e graves, distúrbios do sono, e até o câncer como consequências da exposição dessa radiação.

Atitudes simples podem ajudar a minimizar os impactos da radiação, já que hoje em dia essa tecnologia é indispensável para a população: desligar o modem quando for dormir, desconectar aparelhos a qualquer wi-fi antes de ir para a cama, desligar o wi-fi quando você não precisa dele, e não deixar o seu modem em sua cozinha ou quarto.

Um estudo realizado por pesquisadores brasileiros mediu a existência de correlação espacial entre as mortes por neoplasia/tumor maligno em Belo Horizonte, Minas Gerais, e a presença de estações radiobase (antenas e torres de transmissão).

O resultado é assustador: em dez anos, foram registradas mais de sete mil mortes por tumor maligno, todas elas estavam dentro de um raio de até 500 metros das estações radiobase. Fora deste raio, as mortes por neoplasia foram decrescendo proporcionalmente à distância das torres e antenas.

Crianças sofrem maior sequelas, pois a massa corporal é muito menor que a de um adulto, por isso, a radiação absorvida pelo corpo dela pode ter efeitos muito mais graves, incluindo problemas de aprendizado, distúrbios comportamentais, comprometimento do sistema imunológico e câncer.

PALAVRAS-CHAVE

www.000webhost.com