Física explica o que há de tão estranho no asteroide interestelar 'Oumuamua

228

O esteroide é tão fora do normal que chegou a ser confundido com uma nave estelar alienígena.

Pela primeira vez, os humanos detectaram um asteróide interestelar: uma rocha espacial que eles chamam de 'Oumuamua, palavra havaiana que significa escoteiro. É o único objeto que já vimos no sistema solar além de nossa pequena coleção de planetas. Este asteróide tem uma forma realmente interessante: é muito longo e magro, sua proporção de largura e comprimento é de 1X10.

Basicamente, ele parece um charuto, ou pelo menos é o que todos estão dizendo. As únicas imagens que mostram sua forma em detalhes são renderizações artísticas. Porque o asteróide é tão pequeno e distante, você não pode ser visto facilmente com um telescópio de luz visível.

Mesmo sem poder vê-lo, foi possível medir o objeto através de seu brilho. Como a rocha também está girando, a luz que reflete do sol muda ao longo do tempo. Ao analisar a proporção das observações mais brilhantes para as mais fracas, você pode obter uma estimativa de maior a menor tamanho. Se você estimar o albedo (uma medida de reflectância), você também pode estimar o tamanho total. Estrondo. Lá está ele: um asteróide em forma de charuto.

Uma página de Rendezvous com Rama - uma novela Arthur C. Clarke retrata um objeto interestelar como uma nave estelar alienígena.

FONTES

000webhost logo