Astrônomos encontram "Super-Terra" a 111 anos-luz de distância

207

De acordo com o Instituto de Pesquisa sobre Exoplanetas, o K2-18c, apelidado de Super-Terra pelos astrônomos, possui aproximadamente 30% mais massa que a Terra.

O Exoplaneta foi percebido quando os pesquisadores exploravam um exoplaneta já descoberto (K2-18b 2015) dentro da constelação Leão (Leo) em K2-18, um sistema de estrelas anãs vermelhas a aproximadamente 111 anos-luz de distância, tornando o segundo com o mesmo porte. A exploração foi feita usando o Buscador de Planetas Radial Velocity (HARPS) de alta precisão da ESO e o chamaram de Super-Terra. Os resultados desta equipe internacional de astrônomos serão publicados na revista Astronomy and Astrophysics.


					Constelação Leão (Leo K2-18)
					
Constelação Leão (Leo K2-18)

Com o apoio do Conselho de Pesquisa e Ciências Naturais do Canadá (CRSNG) e do Instituto de Pesquisa sobre Exoplanetas, esta equipe de pesquisa encontrou a Super Terra chamada K2-18c, que possui uma massa de 7,5, cerca de 1,3 vezes a massa terrestre, um período orbital de 9 dias e um eixo semi-maior aproximadamente 2,4 vezes menor do que K2-18b, de acordo com o Universe Today.

A equipe não detectou o planeta mais cedo ao lado de K2-18b porque os dois exoplanetas que estão dentro do mesmo sistema não se mantém no mesmo plano orbital.

FONTES

000webhost logo