Cientistas americanos criam híbrido de ovelha e humano

226

A ideia é que os órgãos humanos desenvolvam para serem usados em transplantes futuros, mas a novidade gerou polêmica, preocupando ONG de proteção animal.

Cientistas dos EUA foram capazes de cultivar embriões de ovelha com um implante de células humanas, a fim de que, em um futuro próximo, os animais cresçam e desenvolvam órgãos humanos para transplante.

Foi esse o anúncio feito pela Associação Americana para o Avanço da Ciência, durante sua última reunião, em Austin, no Texas. Cientistas das universidades da Califórnia e de Stanford desenvolveram o que se conhece como “embriões quimeras”, utilizando ovelhas e uma proporção de 1 célula humana para cada 10 mil células ovinas.

Os embriões ficaram 21 dias dentro de uma ovelha até serem destruídos, dadas as restrições legais que proíbem categoricamente a hibridação entre diferentes espécies por mais tempo.

Enquanto isso, diversas organizações de proteção animal e ética reprodutiva se mostraram seriamente preocupadas com esse tipo de avanços tecnológicos. E o debate está apenas começando.

FONTES

000webhost logo