O fantástico renascimento de uma Estrela e flagrado por telescópio

205

O telescópio Hubble conseguiu flagrar o renascimento da estrela em tempo real.

O telescópio Hubble conseguiu observar o renascimento da estrela chamada de SAO 244567 em tempo real, um dos fenômenos mais incomuns do universo, já que a vida de uma estrela costuma ultrapassar o tempo de vida humano.


					Telescópio Hubble
					
Telescópio Hubble
Reprodução/HUBBLE/NASA/ESA

“A SAO 244567 é um dos raros exemplos de estrelas que nos permitem testemunhar a evolução estelar em tempo real”, afirmou a autora principal do estudo, Nicole Reindl, da Universidade de Leicester, no Reino Unido.

A SAO 244567 está a 2.700 anos-luz da Terra e é a principal estrela da nebulosa de Stringray. Foi a primeira estrela renascida a ser observada durante os dois estágios, de aquecimento e resfriamento. Veja o processo:


					
				

A vida da estrela

Observada nos últimos 45 anos por um time internacional de astrônomos da Agência Espacial Europeia (ESA, em inglês) em cooperação com a Nasa, a estrela teve diversos aumentos de temperatura e chegou alcançar números em torno de 40 mil ºC.

De repente, ela começou a resfriar e foi como se tivesse voltado um estágio do seu processo de evolução. Apesar de não ser inédito, o fenômeno é incompreendido e ainda está sendo estudado pelos astrônomos.  


					Renascimento Estrela
					
Renascimento Estrela
Reprodução/HUBBLE/NASA/ESA

Seria fácil explicá-lo se a massa inicial da estrela fosse maior que a do Sol, por exemplo, mas era bem similar. E ela é considerada uma estrela de pouca massa, que demora mais tempo para evoluir, por isso é uma exceção.

Uma das teorias é de que isso tenha acontecido porque o elemento Hélio do seu núcleo foi queimado durante um período curto de tempo, por isso ela se expandiu e esfriou em seguida, com uma velocidade alta.

FONTES

000webhost logo