Bots do Facebook conversam entre si em linguagem própria

1,1K

O Facebook interrompeu dois de seus robôs de inteligência artificial depois que eles inventaram sua própria linguagem assustadora.

Pesquisadores de Inteligência Artificial do Facebook construíram um chatbot no início deste ano, onde os robôs deveriam aprender a negociar imitando uma negociação ou troca entre humanos.

Mas quando a rede social combinou dois dos programas, apelidados de Alice e Bob, para negociar uns contra os outros, eles começaram a aprender sua própria forma de comunicação bizarra.

A conversa do chatbot "levou à divergência da linguagem humana à medida que os agentes desenvolveram sua própria linguagem para negociar", disseram os pesquisadores.

Linguagem AI do Facebook:

Bob: i can i i everything else . . . . . . . . . . . . . (eu posso eu, tudo mais. . . . . . . . . . . . .)

Alice: balls have zero to me to me to me to me to me to me to me to me to me (bolas têm zero para mim comigo para mim para mim comigo para mim comigo para mim)

Bob: you i everything else . . . . . . . . . . . . (você, eu, tudo mais. . . . . . . . . . . .)

Alice: balls have a ball to me to me to me to me to me to me to me (bolas têm uma bola para mim para mim comigo para mim para mim comigo)

Bob: i i can i i i everything else . . . . . . . . . . . . (eu posso eu, eu, tudo mais. . . . . . . . . . . .)

Alice: balls have a ball to me to me to me to me to me to (bolas têm uma bola para mim para mim para mim para mim para)

Bob: i . . . . . . . . . . . . . . . . . . . (eu. . . . . . . . . . . . . . . . . . .)

Os dois bots deveriam estar aprendendo a trocar bolas, chapéus e livros, atribuindo valor aos objetos e trocando uns com os outros.

Mas, uma vez que o time do Facebook não atribuiu nenhuma recompensa por realizar os negócios em inglês, os chatbots rapidamente desenvolveram seus próprios termos para promoções.

"Não houve recompensa para falar com a língua inglesa", disse Dhruv Batra, pesquisador do Facebook, à FastCo. "Os agentes perderão linguagem compreensível e inventarão palavras-chave para si.

"Como se eu dissesse 'the' (o) cinco vezes, você interpreta isso para significar que eu quero cinco cópias deste item. Isso não é tão diferente da maneira como as comunidades de humanos criam esquemas."

Depois de encerrar a conversa incompreensível entre os programas, o Facebook disse que o projeto marcou um passo importante para "criar bate-papos que podem raciocinar, conversar e negociar, todas as etapas importantes na construção de um assistente digital personalizado".

O Facebook disse que quando os chatbots conversavam com seres humanos, a maioria das pessoas não percebeu que eles estavam falando com um AI e não com uma pessoa real.

Os pesquisadores disseram que não era possível para os seres humanos quebrar a linguagem AI e traduzi-la de volta para o inglês. "É importante lembrar, não há falantes bilíngues de AI e linguagem humana", disse Batra.

FONTES

000webhost logo